Home » Abaixo Assinado

Todos pela 282

ABAIXO-ASSINADO PARA INCLUSÃO DAS OBRAS DA BR-282 NO PAC.

Nós abaixo assinados subscrevemos o presente apoio para que as obras da BR-282 sejam incluídas no PAC, segmento Campos Novos – Divisa Internacional com Argentina (355,7 km), pelos seguintes fatos e fundamentos:

1. Considerando que a BR-282 é de jurisdição federal e se caracteriza como rodovia transversal, fazendo ligação leste-oeste de Santa Catarina, desenvolvendo-se entre as cidades de Florianópolis até Paraíso, na fronteira Brasil/Argentina, totalizando 680,6KM, sendo a única que atravessa transversalmente o Estado;

2. Considerando que a região Oeste de Santa Catarina possui um setor agroindustrial com participação significativa na produção e exportação brasileira;

3. Considerando que o maior volume de exportação se processa por meio dos portos catarinenses de Itajaí, Navegantes, São Francisco do Sul e Imbituba, necessariamente utilizando-se a BR-282;

4. Considerando que o transporte das produções industriais de papel, celulose, mobiliário, bebidas, metal mecânico e outras de Santa Catarina são feitos pela BR-282;

5. Considerando que a grande maioria dos turistas Argentinos que procuram os complexos turísticos catarinenses, o fazem por esta rodovia;

6. Considerando que somente na agroindústria do oeste de Santa Catarina, nos transportes de leite, milho, soja, carnes de aves/suínos e industrializados, calcários e fertilizantes, estima-se que circulam na BR-282 aproximadamente 1.100 carretas de 30 toneladas por dia;

7. Considerando que pelos dados estatísticos da Polícia Rodoviária Federal, no período de 01/01/2007 a 24/07/2011 (1664 dias), ao longo da rodovia foram registrados 10.418 acidentesuma média de 6,26 acidentes/dia, resultando em 569 mortes no local das ocorrências, o que corresponde a uma taxa de uma morte acidental a cada três dias;

8. Considerando que as obras de duplicação de alguns segmentos mais críticos – contornos viários das cidades de Lages (7km); Xanxerê (14Km); Chapecó (7Km); Pinhalzinho (4Km) e Maravilha (5,8Km) e as obras de melhorias previstas não serão suficientes para dar solução ao caos rodoviária existente na BR-282;

9. Considerando que projetos de engenharia rodoviária para duplicação da BR-282 são de desenvolvimento de médio/longo prazo, enquanto que os problemas requerem uma breve solução; e por derradeiro;

10. Considerando os inúmeros pleitos da BR-282 já em trâmite no DNIT, a solução definitiva seria a inclusão desta rodovia integralmente no Programa de Aceleração do Crescimento – PAC. Isto permitirá ao DNIT a alocação de recursos e a licitação das obras na modalidade de Regime diferenciado de Contratação – RDC.

Nestes termos,
Esperamos Deferimento.

Campos com * são de preenchimento obrigatório
Novo Código Florestal Brasileiro
newsletter

Receba nossas novidades no seu e-mail.

Celso Maldaner gostaria
de ouvir a sua voz
Escreva diretamente para
o Deputado. Ele responderá suas mensagens.